Esta turma costuma refletir bastante!

sábado, 13 de novembro de 2010

Viver não dói


“Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!!!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”

________________________________
Carlos Drummond de Andrade

17 comentários:

Zil Mar disse...

Linda escolha vc fez...

Esse texto é perfeito...ficou lindo seu post!

bjos querida!

Zil

Isa disse...

Sempre gosto das suas escolhas e deste cantinho.
Bom Fim de Semana,Soninha.
Beijo.
isa.

wcastanheira disse...

Oi linda!! Optar por Drumond é não querer correr riscos, vc fez uma bela escolha, por isso é tão bom passear por aqui, a gente não arrisca fazer uma visita de pouco valor, sabemos q aqui encontraremos pérolas, pra vc minha mimosura por esta belezura acho q até merece bjos, bjos e bjossssssssssssssssssss

Silvia disse...

Oi, Sonia
não podia deixar de ler esse ótimo texto de Drummond e desejar um lindo final de semana para ti.
Abraço

Wanderley Elian Lima disse...

O mestre Carlos Drummond, sempre nos dando lições de vida em seus textos maravilhosos. Amei.
Beijos

Anne Lieri disse...

Esse é o cara que sabe das coisas!Linda e verdadeira msg!Bjs,

Maria José disse...

Sonia. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Ou seja, o mais importante é como lidamos com as várias situações em nossas vidas. Nós é que iremos decidir como reagiremos aos fatos tristes. A vida é feita de escolhas. Beijos e ótimo fds.

Brasigrega disse...

Eita Drummond...Taí um texto que eu gostaria de ter escrito!
bjus amiga, bom feriado

Luna Sanchez disse...

O negócio é atribuir o peso correto às coisas, nem maior nem menor.

Beijos, querida, ótimo feriado!

ℓυηα

ONG ALERTA disse...

O sofrimento serve de aprendizado, beijo Lisette.

Avlis Irevas disse...

Não acredito em trechos do texto,
podemos sofrer por coisas vividas.

Flor de Lótus disse...

Oi,SÔnia!Lindo texto, a gente idealiza demais, cria expectativas demais...
Precisamos aprender a viver um dia de cada vez.
Beijosss

Angel disse...

minha "anja", como gostava agora de te dar razão...
Se o sofrimento fosse opcional, então eu adoraria que niguém adoecesse, que a ninguém fosse dada a dor da Cruz ainda que acredite que Ele só nos dá aquela que tem a certeza de que somos capazes de aguentar...
... e às vezes as forças vão faltando!

um anjo que te adora

Angel disse...

minha "anja", como gostava agora de te dar razão...
Se o sofrimento fosse opcional, então eu adoraria que niguém adoecesse, que a ninguém fosse dada a dor da Cruz ainda que acredite que Ele só nos dá aquela que tem a certeza de que somos capazes de aguentar...
... e às vezes as forças vão faltando!

um anjo que te adora

Flor de Lótus disse...

Oi,Sônia!Um ótimo feirado!
Obrigada pelo carinho de sempre!Beijos

Eneida disse...

Perfeito o texto!
E importante o esforço pra colocarmos em prática!
Beijo!

MEUS PENSAMENTOS disse...

vc é a homenageada aqui:
http://amigoanjovirtual.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores de reflexões:

Adolescência (1) Alberto Mantovani Abeche (1) Alexandre Garcia (1) Américo Canhoto (1) Amizade (4) Amor (1) Andrew Matthews (3) Aneli Belluzzo Simões (1) Ano Novo (2) Antônio Mesquita Galvão (1) Aparência (1) Arnaldo Jabor (6) Arthur da Távola (2) Artigos da revista Cláudia (1) Ary Fontoura (1) Autoria desconhecida (28) Bem-estar (4) Brasil (1) Brena Braz (1) Brian Dyson (1) Carla Rojas Braga (1) Carlos Drummond de Andrade (5) Carlos Reinaldo Mendes Ribeiro (1) Carnaval (1) Cecília Meireles (1) Cedidos por amigos (1) Charges (1) Charles Chaplin (5) Chico Buarque (2) Cinema (1) Civilidade (1) Clarice Lispector (5) Corrupção (1) Crônicas (2) Crueldade Humana(?) (1) Dalai Lama (1) Dalmir Sant'Anna (1) Daniel Bruno de Castro Reis (1) Danuza Leão (3) Datas especiais (14) David Coimbra (2) Dia da Criança (1) Dia das Mães (1) Dia do Amigo (1) Dia do Professor (1) Dia dos Pais (2) Dia Internacional da Mulher (1) Diovana Rodrigues (1) Dráuzio Varella (1) E-book do Prof. Marins (1) E-mails (1) Educação (1) Eleições (1) Evandro Amoretti (1) Fabiana Kaodoinski (1) Fabrício Carpinejar (7) Fátima Irene Pinto (1) Fernanda Mello (1) Fernando Pessoa (2) Flávio Gikovate (2) Flávio Tavares (1) Gabi Borin (1) Gilberto Stürmer (1) Halloween (1) Herbert Vianna (1) Herman Melville (1) Impunidade (1) Internet (1) Ivete Sangalo (1) Jornal Zero Hora (1) José Geraldo Martinez (1) José Ronaldo Piza (1) Kahlil Gibran (1) Kledir Ramil (1) L. F. Veríssimo (7) Laerte Russini (1) Léo Lolovitch (2) Letícia Thompson (24) Letra de música (5) Lilian Poesias (1) Lya Luft (4) Magistério (1) Maktub (4) Marcial Salaverry (1) Maria Helena Matarazzo (2) Mário Quintana (2) Martha Medeiros (32) Masaharu Taniguchi (1) Mau-humor (1) Menalton Braff (1) Mensagens (7) Meu aniversário (1) Meus blogs (4) Minha autoria (67) Miriam de Sales Oliveira (1) Motivação (2) Mulher (8) Natal (2) Oliveira Fidelis Filho (1) Oscar Wilde (1) Osho (3) Oswaldo Montenegro (1) Otimismo (1) Páscoa (3) Paulo Coelho (2) Paulo Roberto Gaefke (5) Paulo Sant'Ana (1) Pe. Fábio de Melo (1) Poemas (1) Política (1) Programa Fantástico (1) Promoções (1) Protesto (1) Recebidos por e-mail (10) Redação Momento Espírita (4) Reflexões (21) Reinaldo C. Moscatto (1) RH Andrade Gutierrez (1) Richard Bach (1) Rivalcir Liberato (5) Roberto Shinyashiki (4) Rosana Braga (2) Rosane de Oliveira (1) Rose Mori (1) Saúde (4) Selos (4) Sexo (3) Silvana Duboc (1) Tais Vinha (1) Textos Criativos (1) Textos Psicografados (1) Titãs (1) Tragédias (1) Vida real (5) Vídeo + texto de minha autoria (11) Vídeos (1) Vídeos feitos por mim (1) Vinícius de Moraes (1) Violência (1) Vitor Hugo (1) William Shakespeare (1) YouTube Vídeos (4)

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!