Esta turma costuma refletir bastante!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Seu apartamento é feliz?



Dia desses fui acompanhar uma amiga que estava procurando um apartamento para comprar. Ela selecionou cinco imóveis para visitar, todos ainda ocupados por seus donos, e pediu que eu fosse com ela dar uma olhada. Minha amiga, claro, estava interessada em avaliar o tamanho das peças, o estado de conservação do prédio, a orientação solar, a vizinhança. Já eu, que estava ali de graça, fiquei observando o jeito que as pessoas moram.

Li em algum lugar que há uma regra de decoração que merece ser obedecida: para onde quer que se olhe, deve haver algo que nos faça feliz. O referido é verdade e dou fé. Não existe um único objeto na minha casa que não me faça feliz, pelas mais variadas razões: ou porque esse objeto me lembra de uma viagem, ou porque foi um presente de uma pessoa bacana, ou porque está comigo desde muitos endereços atrás, ou porque me faz reviver o momento em que o comprei, ou simplesmente porque é algo divertido e descompromissado, sem qualquer função prática a não ser agradar aos olhos.

Essa regra não tem nada a ver com elitismo. Pessoas riquíssimas podem viver em palácios totalmente impessoais, aristocráticos e maçantes com suas torneiras de ouro, quadros soturnos que valem fortunas e enfeites arrematados em leilões. São locais classudos, sem dúvida, e que devem fazer seus monarcas felizes, mas eu não conseguiria morar num lugar em que eu não me sentisse à vontade para colocar os pés em cima da mesinha de centro.

A beleza de uma sala, de um quarto ou de uma cozinha não está no valor gasto para decorá-los, e sim na intenção do proprietário em dar a esses ambientes uma cara que traduza o espírito de quem ali vive. E é isso que me espantou nas várias visitas que fizemos: a total falta de espírito festivo daqueles moradores. Gente que se conforma em ter um sofá, duas poltronas, uma tevê e um arranjo medonho em cima da mesa, e não se fala mais nisso. Onde é que estão os objetos que os fazem felizes? Sei que a felicidade não exige isso, mas pra que ser tão franciscano? Um estímulo visual torna o ambiente mais vivo e aconchegante, e isso pode existir em cabanas no meio do mato e em casinhas de pescadores que, aliás, transpiram mais felicidade do que muito apê cinco estrelas. Mas grande parte das pessoas não está interessada em se informar e em investir na beleza das coisas simples. E quando tentam, erram feio, reproduzindo em suas casas aquele estilo showroom de megaloja que só vende móveis laqueados e forrados com produtos sintéticos, tudo metido a chique, o suprassumo da falta de gosto. Onde o toque da natureza? Madeira, plantas, flores, tecidos crus e, principalmente, onde o bom humor? Como ser feliz numa casa que se leva a sério?

Não me recrimine, estou apenas passando adiante o que li: pra onde quer que se olhe, é preciso alguma coisa que nos deixe feliz. Se você está na sua casa agora, consegue ter seu prazer despertado pelo que lhe cerca? Ou sua casa é um cativeiro com o conforto necessário e fim?

Minha amiga ainda não encontrou seu novo lar, mas segue procurando, só que agora está visitando, de preferência, imóveis já desabitados, vazios, onde ela possa avaliar não só o tamanho das peças, a orientação solar, o estado geral de conservação, mas também o potencial de alegria que os ex-moradores não souberam explorar.

Martha Medeiros



5 comentários:

Toninhobira disse...

Um otimo texto da Martha sobre esta busca da felicidade que se encontra dentro de algo simples, dentro do fundo do seu coração que nenhum decorador possa fazer nada.
Um abração Soninha.
Bjo.

Lílian Almeida disse...

Adoooro a Martha!Valeu por compartilhar Soninha !!!!
Beijo no ♥ ,amiga !

Drica disse...

Adoro os textos da Martha.Hoje fazendo a faxina aqui d casa antes de ler esse post,eu arrmava,limpava e ia observando cada cantinho do meu ap com carinho.
Bjos Soninha.

Élys disse...

Um texto da Martha, como sempre muito bom.Concordo com ela.
Beijos.

Anne Lieri disse...

Soninha,uma ótima reflexão!Tb tenho ao meu redor coisas que me deixam feliz e não necessariamente são o top da decoração!...rss...e casa tem que ter espírito!...rss...bjs,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores de reflexões:

Adolescência (1) Alberto Mantovani Abeche (1) Alexandre Garcia (1) Américo Canhoto (1) Amizade (4) Amor (1) Andrew Matthews (3) Aneli Belluzzo Simões (1) Ano Novo (2) Antônio Mesquita Galvão (1) Aparência (1) Arnaldo Jabor (6) Arthur da Távola (2) Artigos da revista Cláudia (1) Ary Fontoura (1) Autoria desconhecida (28) Bem-estar (4) Brasil (1) Brena Braz (1) Brian Dyson (1) Carla Rojas Braga (1) Carlos Drummond de Andrade (5) Carlos Reinaldo Mendes Ribeiro (1) Carnaval (1) Cecília Meireles (1) Cedidos por amigos (1) Charges (1) Charles Chaplin (5) Chico Buarque (2) Cinema (1) Civilidade (1) Clarice Lispector (5) Corrupção (1) Crônicas (2) Crueldade Humana(?) (1) Dalai Lama (1) Dalmir Sant'Anna (1) Daniel Bruno de Castro Reis (1) Danuza Leão (3) Datas especiais (14) David Coimbra (2) Dia da Criança (1) Dia das Mães (1) Dia do Amigo (1) Dia do Professor (1) Dia dos Pais (2) Dia Internacional da Mulher (1) Diovana Rodrigues (1) Dráuzio Varella (1) E-book do Prof. Marins (1) E-mails (1) Educação (1) Eleições (1) Evandro Amoretti (1) Fabiana Kaodoinski (1) Fabrício Carpinejar (7) Fátima Irene Pinto (1) Fernanda Mello (1) Fernando Pessoa (2) Flávio Gikovate (2) Flávio Tavares (1) Gabi Borin (1) Gilberto Stürmer (1) Halloween (1) Herbert Vianna (1) Herman Melville (1) Impunidade (1) Internet (1) Ivete Sangalo (1) Jornal Zero Hora (1) José Geraldo Martinez (1) José Ronaldo Piza (1) Kahlil Gibran (1) Kledir Ramil (1) L. F. Veríssimo (7) Laerte Russini (1) Léo Lolovitch (2) Letícia Thompson (24) Letra de música (5) Lilian Poesias (1) Lya Luft (4) Magistério (1) Maktub (4) Marcial Salaverry (1) Maria Helena Matarazzo (2) Mário Quintana (2) Martha Medeiros (32) Masaharu Taniguchi (1) Mau-humor (1) Menalton Braff (1) Mensagens (7) Meu aniversário (1) Meus blogs (4) Minha autoria (67) Miriam de Sales Oliveira (1) Motivação (2) Mulher (8) Natal (2) Oliveira Fidelis Filho (1) Oscar Wilde (1) Osho (3) Oswaldo Montenegro (1) Otimismo (1) Páscoa (3) Paulo Coelho (2) Paulo Roberto Gaefke (5) Paulo Sant'Ana (1) Pe. Fábio de Melo (1) Poemas (1) Política (1) Programa Fantástico (1) Promoções (1) Protesto (1) Recebidos por e-mail (10) Redação Momento Espírita (4) Reflexões (21) Reinaldo C. Moscatto (1) RH Andrade Gutierrez (1) Richard Bach (1) Rivalcir Liberato (5) Roberto Shinyashiki (4) Rosana Braga (2) Rosane de Oliveira (1) Rose Mori (1) Saúde (4) Selos (4) Sexo (3) Silvana Duboc (1) Tais Vinha (1) Textos Criativos (1) Textos Psicografados (1) Titãs (1) Tragédias (1) Vida real (5) Vídeo + texto de minha autoria (11) Vídeos (1) Vídeos feitos por mim (1) Vinícius de Moraes (1) Violência (1) Vitor Hugo (1) William Shakespeare (1) YouTube Vídeos (4)

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!